8.9.15

O presidente é fixe!

«O presidente é fixe!», ouvi ontem a alguém com quem comentei o desprezo com que a Câmara Municipal do Porto tem tratado o monumento a António Nobre, no jardim da Cordoaria. E concordo, mas há uma parte nada desprezível da máquina que o acompanha, que mantem e destila a incompetência que foi matriz da administração municipal liderada por Rui Rio durante dois mandatos - uma eternidade para quem se interessa pela coisas da cidade.


No Sábado passado, a par da festa da passagem do chamado mercado artesanal da Ribeira para a Praça de Parada Leitão, alguém decidiu que o local adequado para montar uma algazarra com luzes, uma batida ensurdecedora, e a publicidade a uma marca de cerveja (as cervejeiras estão sempre presentes no patrocínio deste tipo de desmandos, porque será?) seria... o monumento ao poeta do SÓ. Um triste corolário, digamos, perante a ignorância da cidade para com o monumento que há mais de dez anos serve de urinol e depósito de lixo.

Para ver o estado de abandono do monumento a António Nobre em 2011, prima aqui.

6 comentários:

  1. Carlos, hoje mais do que nunca, DEPRIMENTE.
    Abraços

    ResponderEliminar
  2. "Num certo reino à esquina do planeta,
    Onde nasceram meus avós, meus pais,
    Há quatro lustros viu a luz um poeta,
    Que melhor fora não a ver jamais!

    Ao despontar para a vida inquieta,
    Logo ao nascer mataram-lhe os ideais,
    À falsa fé, numa traição abjecta,
    Como os bandidos nas estradas reais!

    E se eu sou um descendente,
    Um ramo dessa árvore de heróis,
    Que entre perigos e guerras lutaram por um ideal,
    Nada me importas País!
    Seja meu amo o Carlos ou o Zé da Teresa, amigos!
    Que desgraça nascer em Portugal!"

    ANTÓNIO NOBRE

    Nem só de bitaites e sound bytes se faz uma URBE.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  3. Cumprimentos, Guilherme de Sousa Olaio, e obrigado pelo lema.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12.2.16

    olá Carlos a ver se lembra DE mim : isabel mendes ferreira :)

    venho pedir-lhe porque não encontro e queria ter o texto meu que fez o favor de publicar há seculos no seu blogue _________________ sobre o Porto (com paixão).

    podia enviar-me para o meu mail ?

    belafer2@gmail.com

    muito obrigada.

    abraço.


    imf

    ResponderEliminar
  5. Bem, brincando um pouco com a seriedade da questão, na verdade o Poeta não esteve "Só" por uma horas!
    Mas temos de falar sobre estes temas, desejando que a nossa Cidade Invicta, recupere destes lapsos nem que seja pela acção deste Bolgue, que visito pela primeira vez, mas me parece que cá voltarei muitas mais! O nosso Porto merece, sem dúvida!
    Cumprimentos,
    jorge madureira

    ResponderEliminar
  6. Jorge Madureira,
    se o poeta não esteve "Só" por umas horas, o desprezo pelo monumento já é antigo.
    Apareça sempre. Isto é feito para ser visto.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar

Etiquetas

A Brasileira Avenida da Ponte Avenida de Vímara Peres Bairro do Aleixo Calçada da Corticeira Câmara Municipal do Porto Carregal Cinema Águia d'Ouro Clérigos Cordoaria Edifício Imperial Fontainhas Fontes do Porto Fontinha Grafismos Guindais Horrores urbanos à moda do Porto Jardim Botânico Largo do Moinho de Vento Largo do Terreiro Largo dos Lóios Livrarias Mamarrachos Mercado do Bom Sucesso Miragaia Monumento a António Nobre O chão surrado O Porto a oriente O Porto não é a Disneylândia O Rapto de Ganimedes Outros temas Pena Ventosa Polícia de Segurança Pública Ponte Maria Pia Porto Património Mundial Praça da Batalha Praça da Liberdade Praça da República Praça da Ribeira Praça de Almeida Garrett Praça de Carlos Alberto Praça de Gomes Teixeira Praça de Lisboa Praça do Infante Praça dos Poveiros Rua Barão de Nova Sintra Rua da Bainharia Rua da Madeira Rua da Ponte Nova Rua da Reboleira Rua das Flores Rua das Taipas Rua de 31 de Janeiro Rua de Álvares Cabral Rua de Ceuta Rua de Cimo de Vila Rua de Fernandes Tomás Rua de Gonçalo Cristóvão Rua de Miguel Bombarda Rua de Mouzinho da Silveira Rua de Passos Manuel Rua de S. Bento da Vitória Rua de S. João Novo Rua de S. Miguel Rua de Sá da Bandeira Rua de Sá Noronha Rua de Sampaio Bruno Rua de Santa Catarina Rua de Trás Rua de Trindade Coelho Rua do Almada Rua do Bonjardim Rua do Cativo Rua do Infante D. Henrique Rua dos Caldeireiros Rua dos Mercadores Rua dos Pelames Sem Abrigo Terreiro da Sé Travessa da Rua Chã V.N.Gaia Viela do Anjo Viela do Buraco Virtudes Vitória

Não deixe de visitar

Acerca de mim

A minha foto
Uma vida ao serviço da comunicação empresarial, como videógrafo, fotógrafo, designer e copywrighter.

Seguidores